sexta-feira, 25 de março de 2011

Esperar?


 66° edição musical:"Ainda espero a sua resposta"- (Nx Zero- Onde Estiver)


Uma situação difícil, um amor impossível? Existe amor impossível? Se for amor é possível, pois o amor é sublime um sentimento que renuncia, preserva, espera, compartilha, une, ou será que tudo isso é mais uma das bobagens que aprendemos com os contos de fadas e novelas?
Muitos questionamentos jorravam na mente de Mila, que a essa altura estava confusa, insegura, de que decisão tomar. Não sabia se deveria seguir ou continuar ali, para viver aquele amor. Hesitava em largar todos os seus sonhos, em uma nova cidade na qual ela poderia ter uma nova vida, independente, estável, por aquilo que para ela era duvidoso.
Já fazia mais de um ano em que não o via pessoalmente, apenas promessas, palavras, poemas, música. Um amor alimentado pela saudade, vontade de rever, de sentir, abraçar, amar, tudo compactado numa caixa chamada imaginação. No entanto houve a oportunidade de Mila viver algo concreto e ela se chocou com uma ambiguidade: Ficar e viver aquele amor, ou partir e renunciá-lo.
Ligeiramente Mila deixou um recado para Vitor em que dizia: 

Estou partindo para outra cidade, quero muito te reencontrar, não posso te perder, poderia largar tudo para viver esse amor. Aguardo a sua resposta.

Dias se passaram e finalmente havia chegado à data marcada para viagem, pela manhã cedinho, foi dormir mais cedo para não se atrasar. De madrugada ela recebe uma ligação de Vitor, claramente embriagado, arrasado por estar perdendo a oportunidade de viver um romance com Mila. Ele declarou o seu amor e disse que não tinha o direito de perdi-lhe para ficar, pois não queria atrapalhar a sua vida. Os dois choravam e faziam juras de amor, corações partidos ali prometia nunca se esquecer um do outro.
Hoje, eles se falam e se lamentam por não estarem juntos, Mila e Vitor não acreditaram na força do seu amor, que até hoje resiste à distância, ausência e as intempestivas peças que a vida lhes impusera. Talvez eles esperem a resposta do destino, se este os dará a chance de viver esse amor plenamente.

3 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Gosto de textos escritos na terceira pessoa.Acho muito interessante e até mesmo escrevo dessa maneira. Amei seu texto e tenho uma dica pra mandar para Vitor e Mila.

    "Talvez eles esperem a resposta do destino, se este os dará a chance de viver esse amor plenamente."

    Mila e Vitor, não acredito.Pra mim, destino é para os bobos.É só uma desculpa idiota para deixar as coisas acontecerem em vez de fazer com que elas aconteçam ".
    SE vocês não colocar os ingredientes necessários para fazerem uma boa torta, ela nunca vao acontecer. Pensem nisso.

    Amiga te amo.
    Nossa amei seu texto: Está decidido, é minha cara, principalmente a parte " Não há o que fazer com o cinismo e sarcasmo". rsrs

    ResponderExcluir
  3. Adorei o blog, suas postagens são super iper mega legais!
    Dá uma passadinha no meu blog:
    http://carlamundogirl.blogspot.com/
    Beijocas

    ResponderExcluir